20 maio 2015

Sobre erros e arrependimentos

Acho que todo mundo, em algum momento da vida, já ouviu alguém dizer que você não deve fazer nada que possa se arrepender depois.

Pode parecer um conselho bobo, mas eu sempre levei isso muito a sério. E se eu me arrependesse, o que aconteceria comigo?

Mesmo tentando desesperadamente fazer a coisa certa, a vida acontece e inevitavelmente fazemos merda. Merdas, no plural. Comigo não foi diferente.

Quando isso aconteceu e eu me dei conta de que estava arrependida, fiquei desesperada. E agora, o que acontece com as pessoas que se arrependem? O que vai ser da minha vida depois disso?

Como cristã, eu sei que Deus perdoa o coração arrependido, e tentei me contentar com isso. Mas não era só o perdão que eu queria, eu queria apagar o passado, literalmente, e consertar tudo o que não fiz direito.

Depois de admitir à contragosto que isso não seria possível, tive que encarar as possibilidades reais: eu poderia ficar remoendo tudo e me arrastar pela vida até que Deus fizesse a caridade de me levar embora (drama queen o/), ou teria que aprender a conviver com a realidade.

Eu odiava a segunda opção, mas eu não tinha nada melhor, então a escolhi. Não vou mentir e dizer que resolvi tudo sozinha, precisei de ajuda. Além de contar com minha mãe, que passava noites em claro ouvindo meus desabafos dramáticos, fui a um psiquiatra que me receitou um remédinho para a ansiedade. Fui lá esperando que ele dissesse que era louca, paranoica ou coisa assim, mas ele disse que não havia nada de errado comigo, exceto o fato de que me cobrava demais.

Depois, descobri que duas amigas minhas estavam passando exatamente pela mesma situação e me dei conta de que não sou só eu, todo mundo coloca muito peso nos erros cometidos.


Por que tanto medo de errar se é algo que todo mundo faz? 

Nessa época (dentre muitas) em que minha mente parecia um campo de batalha, ouvi uma música da Marit Larsen que diz que toda linha ultrapassada, é só uma linha - um pouco mais ou um pouco menos, toda vez (Before You Fall) e fiquei pensando nisso. Independente de quem você é e das coisas que fez, você tem o direito de ser feliz e viver a vida que sonhou! Um erro é só um erro e mais nada.

Então eu descobri o que acontece depois que a gente se arrepende: nada. A gente só continua cometendo erros. Outros erros. E se arrependendo. O que tem de mal nisso?

Você não é os erros que comete, nem mesmo os acertos. Você é essa coisa boa que sobrevive aí dentro apesar de tudo. Os erros fazem parte da vida, permita-se cometê-los!

E se você se arrepender, cometa outros erros e se arrependa de novo.

Beijos,
Julieta

6 comentários:

  1. Eu pensava como vc, até resolver que era melhor me arrepender do que fiz do que me arrepender por não ter feito ou tentando... Estou bem mais feliz assim.... Vc está agindo certo agora. Permita-se!!!

    ResponderExcluir
  2. Oii, tudo bom?
    Achei o texto muito lindo e sincero.
    Deixei de fazer muitas coisas por medo e me arrependo até hoje, até a própria escolha da faculdade.
    Um beijo
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho um certo medo de errar, mas por achar que perdi meu tempo fazendo uma coisa que eu não queria realmente.
    Tem algumas situações que a gente aprende que errar é normal, mas cair no mesmo erro as vezes é burrice rs logo, uma certa precaução é normal ter kkkk

    Beijo,
    http://portaoazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Já me machuquei muito com isso, cobrando ser certa aos olhos de todos. E fazer isso já era um erro. Hoje ouço poucas opiniões, vivo melhor assim.
    É claro que ainda tento não falhar em diversas áreas da minha vida, e sei que Deus espera que não falhe, mas Ele também sabe que falharei muitas vezes e algumas outras no mesmo erro. Mas sei que se meu coração se arrepender Ele novamente me recompensará com seu amor e perdão.
    Lindo texto e verdadeiro.
    Beijos

    tecontopoesia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Nossa, adorei o texto! Também tenho muita dificuldade com meus erros, me cobro demais e acabo sendo pesada, sabe? E o pior, reflito isso na minha relação com as pessoas e cobro muito delas também. Adorei seu texto, e espero que tenha aprendido um pouco com você. Parabéns pelo blog!
    www.facebook.com/dicasdealice
    imperfeitaselindas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Muito legal esse seu post. Acho que a maioria das pessoas já passou por esse tipo de conflito, né?

    Quem nunca se arrependeu de algo?

    Já ouvi muita gente dizendo "eu queria apagar isso da minha vida" e isso me levou a pensar.... muito....

    Eu não quero apagar NADA da minha vida! Cada acerto foi uma alegria que não quero que se perca e cada erro que cometi foi um aprendizado. Juntos eles fizeram de mim a pessoa que sou hoje e, sinceramente, eu gosto de quem sou hoje (eu gosto de mim).

    conchegodasletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 

looks